Bélgica Bruges Bruxelas Europa

Mini Guia Bélgica

Escrito por... Vivian
Bem vindo a Bélgica! Que tal um pouco de cerveja, batata frita, waffles e muito chocolate? A Bélgica é um país pequeno que a maioria não considera ao planejar um roteiro pela Europa mas confesso que fui surpreendida em muitos aspectos. Nosso Mini Guia Bélgica é uma compilação de informações práticas e conteúdo que vai te ajudar a planejar a sua viagem e aproveita-la ao máximo.
PLANEJE SUA VIAGEM

O país faz parte da União Europeia e assinou o Tratado de Schengen, então não se preocupe com o visto e garanta o seu seguro viagem pois ele é obrigatório.

 

COMO CHEGAR

Não há voos diretos saindo do Brasil, mas estando dentro da Europa o acesso é bem fácil, seja ele de trem, ônibus ou avião. Os principais aeroportos do país estão nos arredores da capital, Bruxelas. O Zaventen (BRU) é o aeroporto internacional localizado a cerca de 12 km do centro da cidade, com ligação por linhas de metrô e ônibus. Já o Charleroi (CRL) é o preferido das empresas low cost e fica a 60 km da cidade. Há uma linha de ônibus especial operada pela Brussels City Shuttle que faz o trajeto até o centro por 14 euros cada trecho. Como esse valor não é muito barato, melhor avaliar se vale realmente a pena desembarcar lá. Chegando de trem tudo fica mais simples, já que a Estação Central está super bem localizada.

QUANDO IR E QUANTOS DIAS FICAR

Visitamos o país em março, no final do inverno de 2015, e encontramos sol e uma atípica temperatura agradável em torno de 14 graus. A temperatura média anual é 9 graus, sendo que janeiro é o mês mais frio com o ponteiro abaixo de zero e julho é o mês mais quente, tendo algo próximo a 23 graus. A melhor época para a visita fica entre abril e outubro, quando se tem maiores chances de dias ensolarados, menos chuva.

No início de agosto, sempre nos anos pares, há a festa do tapete de flores da Grand Place que é tradição no país desde 1971. E apesar do frio congelante, o Natal atrai muitos turistas que procuram o país pelos famosos mercados e pelo show de luzes e música todas as noites na Grand Place.

Para quem quer sentir o clima do lugar em uma viagem sem correria são necessários 3 dias, dois para a capital, Bruxelas,  e 1 para visitar Bruges. Se você tem mais tempo, aproveite para incluir Ghent e Antuérpia.

ONDE FICAR

A maioria dos turistas opta por se hospedar em Bruxelas e tratar as demais cidadezinhas como um bate-e-volta de trem. Foi exatamente o que a gente fez e recomendo, apesar de ter ficado na vontade de passar uma noite na charmosa Bruges. Bruxelas é uma cidade relativamente pequena e seu charme fica nas redondezas da Grand Place, então o ideal seria ficar a uma distância ‘caminhável’ dela. Há inúmeras opções de hospedagem num raio de 1,5 km, desde hostels até hotéis luxuosos. Os preços não são muito camaradas, mesmo nos hostels, mas vale pesquisar um pouquinho que dá pra achar algo legal.

Ficamos nesse aparthotel e adorou. O quarto era excelente e a localização era boa, com o Parque de Bruxelas e opções de metro bem perto. A única região que eu evitaria é a da Estação Midi pois a noite as ruas são bem escuras e tem um clima meio esquisito.

xxx

O QUE FAZER

Em Bruxelas, preparamos um roteiro de dois dias cobrindo os principais pontos da cidade:

xxx

Passamos um dia em Bruges e recomendamos muito, é o nosso lugar favorito da Bélgica.

xxx

ONDE (E O QUE) COMER

Batata frita, salsichas, cervejas, mexilhões, waffles, muuuuuitos chocolates e ponto final.

Você não vai precisar de um guia para comer na Bélgica, acredite, tem coisa gostosa em cada esquina. É só se deixar levar. Nossos destaques vão para os deliciosos chocolates belgas e para a cervejaria com mais rótulos do mundo, a Delirium Café.

xxx

Clique aqui para ler todos os posts da Bélgica.

Gostou do nosso Mini Guia Bélgica? Ficou alguma dúvida?

Deixe aqui nos comentários que prometemos responder bem rapidinho. =)

Sobre o(a) autor(a)

Vivian

25 anos, goiana, sagitariana, engenheira e apaixonada pelo mundo. Compartilho aqui minhas experiências pelo mundo e incentivo você (é, você mesmo!) a viajar mais.

Deixe seu comentário

Translate »