Espírito Santo

Pocando no ES: vale a pena conhecer o Espírito Santo?

Escrito por... Vivian

Conhecer novos lugares, novas culturas e pessoas incríveis… isso é o que mais me encanta nessa vida. E aqui no Brasil tem tanta coisa linda que vai ser impossível visitar todas em uma vida só, tenho uma wishlist quase infinita. Preciso confessar algo para vocês: conhecer o Espírito Santo não era um dos primeiros itens.

Acontece que tive a oportunidade de ir à Vitória para um evento a trabalho e descobri uma cidade completamente diferente do que eu imaginava. Quando vi o convite para o “Pocando no ES”, evento organizado pelo Capixaba na Estrada que reúne blogueiros no estado logo me prontifiquei.

Eis que a surpresa não poderia ter sido maior. O estado é pequeno e possui uma diversidade de experiências incríveis, trilhas na serra, praias, cachoeiras, lagos, festivais gastronômicos e por aí vai. Essa foi uma daquelas viagens que por vários lugares pensei: “preciso organizar para vir aqui durante o inverno”, “preciso organizar para voltar na época do festival de Itaúnas”.

Não tive a oportunidade de visitar todos os destinos (ainda!) mas busquei ajuda dos viajantes mais incríveis do Espírito Santo para fazer uma lista de 4 lugares e experiências no estado que certamente valem a sua visita!

1. A capital Vitória e a vizinha Vila Velha

Se vale? Vale! Não deixe de ficar 2 ou 3 dias para conhecer a capital e sua vizinha Vila Velha. Tem praia, tem o Convento da Penha, tem cultura e culinária com a tradicional moqueca capixaba. Se o assunto é barzinho e balada, não deixe de visita o Triângulo. É lá a maior concentração de jovens e bares por metro quadrado.

 

2. O charme da Pedra Azul, a Rota do Lagarto e Domingos Martins

Anotem esse nome pois vai rolar mais coisa aqui no blog com certeza. Fiquei encantada com a região e já estou planejando voltar. Eu sei que comparação é um negócio ruim de fazer porque cada lugar tem a sua individualidade. Mas só pra você se situar, essa região serrana não perde em nada para Campos do Jordão, por exemplo. Aliás, talvez até ganhe.

Tem atividades para tudo quanto é gosto, trilhas, tem restaurantes comandados por grandes chefs de origem italiana, alemã, tem café charmoso, tem a Rota do Lagarto, passeios de bike, rapel, escalada… Tanta coisa linda que surpreendeu todo mundo da viagem. É um destino de montanha ainda pouco conhecido que logo logo estará entre os mais visitados do país. A infraestrutura é ótima, do básico ao luxo, tem opções para todos os bolsos. São só 100km de distância desde Vitória, o que faz do destino uma excelente opção para um final de semana ou um feriado prolongado.

Tivemos a chance de conhecer o Bristol Vista Azul durante um almoço e fiquei encantada com a estrutura do hotel. Vale muito a pena.

 

 

Da janela do Bristol Vista Azul

 

3. Litoral Norte: Da Serra a Aracruz

Na contramão da maioria dos turistas foi este o litoral que exploramos. Começamos passando pela Casa de Pedras, na Vila das Artes. De lá fomos para Manguinhos, uma praia que fica bem próximo à cidade de Vitória e é um vila bem charmosa, simples e com um restaurante maravilhoso. Vale muito a pena organizar o roteiro para conhecer o Maresias: pé na areia, super charmoso e com a comida deliciosa.

 

 

Ali conhecemos também a Casa de Pedra, na Vila das Artes. Uma casa construída pelo Seu Neusso toda de pedras e madeira que ele encontrava na região. Hoje ele trabalha como artesão e expõe suas peças dentro da casa, além de fazer do espaço uma atração turística que valoriza a região. Tudo é feito com troncos, pedras e cascos de árvore que ele encontra por ali. Um verdadeiro artista.

Subindo mais um pouco, chegamos em Nova Almeida. Ali conhecemos e recomendamos a Praia das Falésias, a Igreja dos Reis Magos e uma paradinha no Tradicional Quindim de Nova Almeida e o sorvete de Itu na Sorveteria Domingos, que fica bem ao lado. O sorvete de Itu é na verdade um picolé em um formato diferente.

Finalizamos o roteiro passando pro Gramuté, uma piscina de água salgada bem quentinha (em comparação com a água geralmente gelada do sul) e chegando no município de Aracruz. Próximo a Aracruz, ficamos no Coqueiral Praia Hotel, um hotel com estrutura maravilhosa com saída para a praia.

 

Foi a partir dali que fizemos um passei pelo Rio Piraqueaçu, durante o qual visitamos também a Tribo de mesmo nome. O Rio é lindo, bem largo, tem parada para banho e a água é uma delícia. Fizemos o passeio com a “Princesinha do Mar” e são aproximadamente 2 horas no total, incluindo a parada para banho.

 

 

No lugar de voltar para o píer que embarcamos, fomos dali direto para a tribo. Mas você terá que voltar e ir para a tribo de carro pois de lá não tem transporte de volta e a escuna não fica esperando, ok? E foi ali mesmo na tribo que almoçamos enquanto vivemos uma experiência incrível conhecendo a forma que eles vivem, a cultura, as dificuldades e a esperança na luta deles para manter tudo isso frente ao nosso país. Para fazer a visita na tribo é preciso reservar com antecedência pelo seguinte telefone: (27) 996062754. Você pode agendar somente a visita ou com o almoço incluído e se for almoçar não deixe de experimentar o inhambi, um prato delicioso típico indígena.

 

4. Litoral Sul: Guarapari e Itaúnas

Não conheço ainda, mas a Mara mora em Guarapari e me garantiu que vale a pena a visita. São mais de 50 prais diferentes na região e é uma das regiões com melhor infraestrutura no Espírito Santo. O blog da Mara vai dar todas as dicas para você aproveitar muito a cidade praiana mais famosa do Espírito Santo, só clicar aqui que você vai direto pra lá. =)

Já Itaúnas é um daqueles casos antigos de amor. Sempre quis ir conhecer o festival de forró que acontece na cidade e agora depois dessa viagem fiquei com mais vontade ainda pois descobri que lá é um verdadeiro paraíso, com dunas e uma animação deliciosa. Veja aqui esse texto do Pé na Estrada.

 

 

PLANEJE SUA VIAGEM AQUI!

  • Hospedagem? Sempre fazemos nossas reservas pelo Booking. Os preços são excelentes e é super seguro.
  • É aluguel de um carro que você precisa? É a Rentcars que indicamos pois eles não tem IOF, dá pra dividir em 12x e pagando no boleto ainda tem desconto. Tá esperando o que ein?
  • Seguro Viagem?  Ahhh, tem também! Tanto para nossas viagens quanto para o nosso intercâmbio fechamos o seguro pesquisando aqui no Seguros Promo e o melhor: conseguimos um desconto de 5% para todos vocês. É só colocar o cupom VIVAVIAJE5. Clique aqui para fazer sua pesquisa.
  • Reservando pelos nossos links parceiros você ajuda a gente a continuar dando dicas por aqui e não paga nada a mais por isso. =)

Sobre o(a) autor(a)

Vivian

25 anos, goiana, sagitariana, engenheira e apaixonada pelo mundo. Compartilho aqui minhas experiências pelo mundo e incentivo você (é, você mesmo!) a viajar mais.

7 Comments

Deixe seu comentário

Translate »